Conheça mais sobre GRUPO ETP

Detalhes do Curso

Categoria : Graduação e Pós


Disponível : Vagas


Período :


Reconhecido pelo MEC


Responsável : Prof. Msc. Eng. Alexandre F. Santos

Status Curso: Disponível Valor Matrícula: R$ 490.00

Pós Graduação em Engenharia de Segurança do Trabalho

A Pós Graduação em Engenharia de Segurança do Trabalho da FAPRO/ETP tem como seu principal objetivo fomentar a demanda do mercado por profissionais qualificados e que se empenhem em atender a legislação vigente do Ministério do Trabalho. 

Com experiência em Educação de mais de 18 anos, na FAPRO/ETP você encontrará Professores Qualificados e que alinharão estratégias didáticas à uma sólida base conceitual. 

1ª TURMA de 2017: 30 de Junho. 

Informações sobre o Curso:
Aulas:
Quinzenais - Sexta, das 19h às 22h e Sábado, das 08h às 17h
Investimento:
Matrícula R$ 490,00 + 17 parcelas de R$ 490,00 
Duração do curso:
18 Meses.
 

Faça sua matrícula pelo próprio site, logo entraremos em contato com você. 

Consulte o Curso no CREA/PR: procrea.crea-pr.org.br/possegurancadotrabalhofapro  

DISCIPLINAS / CARGA HORÁRIA  /EMENTÁRIO:

Introdução a Engenharia de Segurança do Trabalho - 15h

  • A evolução da engenharia de segurança do trabalho. Aspectos políticos, éticos, econômicos e sociais. A história do prevencionismo. Entidades públicas e privadas. A engenharia de segurança do trabalho no contexto capital-trabalho. O papel e as responsabilidades do engenheiro de segurança do trabalho. Acidentes: Conceituação e classificação. Causas de acidentes: fator pessoal de insegurança, ato inseguro, condição ambiente de insegurança. Consequências do acidente: lesão pessoal e prejuízo material. Agente do acidente e fonte de lesão. Riscos das principais atividades laborais.

Legislação e Normatização Aplicada - 15h

  • Legislação. Conceituação: constituição, lei, decreto, portaria. Hierarquia: legislação federal, estadual, municipal. Legislação acidentária. Legislação previdenciária. Legislação sindical. Consolidação das leis do trabalho. Atribuições do engenheiro e do técnico de segurança do trabalho. Responsabilidade profissional, trabalhista, civil e criminal. A corresponsabilidade. Portarias normativas e outros dispositivos legais. Embargo e interdição. Convenção e recomendações da Organização Internacional do Trabalho

Ergonomia - 30h

  • Noções de fisiologia do trabalho. Aplicação de forças. Aspectos antropométricos. Dimensionamento de postos de trabalho. Limitações sensoriais. Dispositivos de controle. Dispositivos de informação. Sistema homem-máquina. Trabalho em turno.

Administração Aplicada a Engenharia de Seg. do Trabalho - 30h

  • Conceitos e princípios de administração. Política e programa de engenharia de segurança do trabalho. Organização dos serviços especializados em engenharia de segurança do trabalho. O inter-relacionamento de engenharia de segurança com as demais áreas da empresa. Os aspectos éticos da profissão de engenheiro de segurança do trabalho. Recursos de informática de interesse da engenharia de segurança. Relação custo-benefício.

Prevenção e controle de riscos em máquinas, equipamentos e instalações - 90h

  • Conceituação e importância. Bombas e motores. Veículos industriais. Ferramentas manuais. Ferramentas motorizadas. Vasos sob pressão, caldeiras. Equipamentos pneumáticos. Fornos. Compressores. Soldagem e corte. Equipamentos de processos Industriais. Equipamentos e dispositivos elétricos. Sistema de proteção coletivo. Equipamentos de proteção individual – EPIs. Projeto de proteção de máquinas. Localização industrial. Arranjo físico. Edificações. Estruturas e superfícies de trabalho. Transporte, armazenagem e manuseio de materiais.

Gerenciamento de riscos - 60h

  • Natureza dos riscos empresariais, riscos puros e riscos especulativos. Conceituação e evolução histórica. Segurança de sistemas. Sistemas e subsistemas. A empresa como sistema. Responsabilidade pelo produto. Identificação de riscos: inspeção de segurança, investigação e análise de acidentes. Técnica de incidentes críticos. Fundamentos matemáticos: Confiabilidade e álgebra booleana. Análise de riscos: análise preliminar de riscos, análise de  modos  de falha  e efeito, série de riscos. Análise de árvores de falhas. Avaliação de riscos. Avaliação das perdas de um sistema. Custo de acidentes.

O ambiente e as doenças do trabalho - 60h

  • Conceituação e importância. Serviços de medicina do trabalho. Atribuições e relacionamento com a engenharia de segurança. Doenças do trabalho. Doenças causadas por agentes físicos, químicos e biológicos. Doenças do trabalho na indústria e no meio rural. Aspectos epidemiológicos das doenças do trabalho. Toxicologia. Primeiros socorros.

Psicologia na Engenharia de Segurança, Comunicação e Treinamento - 15h

  • Características de personalidade (curso Please Understand-me). Aspectos psicológicos do trabalho e do acidente. Aspectos psicológicos da seleção de pessoal. O treinamento, sua importância na engenharia de segurança do trabalho. O papel do engenheiro de segurança do trabalho na educação prevencionista. Requisitos de aptidão. Aspectos comportamentais na utilização do equipamento de proteção individual. A ação sindical: atuação do engenheiro de segurança do trabalho na relação capital-trabalho. Técnicas de comunicação. Elaboração de relatórios técnicos. Desenvolvimento organizacional.

Proteção contra incêndios e explosões - 60h

  • Conceito, importância e participação de engenharia de segurança do trabalho na proteção contra incêndio. Legislação e normas relativas à proteção contra incêndios. Estudo sobre o fogo, o incêndio e a combustão e seus efeitos. Proteção ativa–equipamentos de proteção e combate a incêndios e explosões. Proteção passiva – proteção estrutural. Explosivos – conceituação, identificação e controle. Técnicas de salvamento. Brigadas de incêndio.

Higiene do Trabalho - 135h

  • Conceituação, classificação e reconhecimento dos riscos. Contaminantes químicos. Contaminantes sólidos e líquidos. Contaminantes gasosos. Medidas de controle coletivo para agentes químicos. Medidas de controle individual. Estudos de casos específicos. Laboratório de manuseio de equipamentos de avaliação de contaminantes sólidos e líquidos. Laboratório de manuseio de equipamentos de avaliação de contaminantes gasosos. Laboratório de aferição e determinação de vazão dos equipamentos de avaliação. Trabalho prático de controle de agentes químicos.

Proteção do Meio Ambiente - 45

  • Conceituação e importância da preservação do meio ambiente, programas de preservação do meio ambiente, sistemática a seguir na preparação de um estudo da proteção do meio ambiente, Critérios e técnicas de avaliação e controle de poluentes, A preservação do meio ambiente e a qualidade do ar, A preservação do meio ambiente e a qualidade de água. Processos expeditos de purificação, Preservação do meio ambiente e preservação do solo, Serviços básicos de saneamento em casos de emergência,
  • Destinação de resíduos industriais, Aspectos legais, institucionais e órgãos regulamentares. Aulas práticas para análise de contaminantes orgânicos e inorgânicos em efluentes.

Metodologia científica - 45h

  • Ciência e conhecimento científico. Método científico. Trabalhos científicos: estruturas e tipos. Pesquisa científica: conceito, tipos e etapas. Monografia.

Agora você pode realizar e efetivar a sua matrícula através do próprio site.

1º passo: Clique em "FAZER MATRÍCULA"

2º passo: Preencha um rápido Formulário

3º passo: Clique em "Comprar"

4º passo: Preencha seus Dados Pessoais no PagSeguro e escolha sua opção de Pagamento: Cartão de Crédito / Boleto / Débito Online / Depósito em Conta

*Para o pagamento das demais parcelas, os boletos deverão ser retirados na secretaria da Escola ou pelo Sistema.

 http://fapro.com.br/#

 

Mais Informações sobre a Profissão:

A Engeharia de Segurança do Trabalho é uma área exigida em praticamente todas as indústrias e empresas em geral, o que cria um mercado bastante amplo. Para garantir a qualidade dos profissionais, entretanto, é preciso que os engenheiros e arquitetos dessa área tenham especialização específica, o que só pode ser conseguido com uma pós-graduação. Está interessado em seguir essa carreira? Então veja a seguir porque você deve fazer uma pós-graduação em engenharia de segurança do trabalho.

O que diz a Lei?

A lei 7.410/85 estipula que somente profissionais habilitados e registrados no CREA (Conselho Regional de Engenharia e Agronomia) ou no CAU (Conselho de Arquitetura e Urbanismo) e com comprovação de especialização na área podem desempenhar a atividade. Esse é um dos principais motivos para fazer uma pós-graduação em engenharia de segurança do trabalho!

Qual a diferença entre o engenheiro de segurança do trabalho e um técnico de segurança do trabalho?

A atuação de um técnico não é a mesma que a de um engenheiro com especialização na área. O engenheiro é habilitado para realizar as tarefas do técnico, mas o contrário não. Os laudos técnicos e pareceres finais, por exemplo, só podem ser emitidos e assinados por um engenheiro responsável.

Normalmente, o engenheiro de segurança do trabalho é responsável por gerenciar e promover a segurança e realizar vistorias e manutenções diversas, assim como por desenvolver programas e ações efetivas para a segurança dos trabalhadores. Também é responsável por coordenar a Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA) da empresa em questão, oferecer treinamentos, dar palestras diversas e coordenar os programas exigidos pela legislação, como por exemplo: PPRA (Programa de Prevenção de Riscos Ambientais), PCMSO (Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional), PCMAT (Programa de Condições e Meio Ambiente do Trabalho na Indústria da Construção), entre outros.

O técnico, por sua vez, possui uma atuação mais prática, em que coordena e realiza as vistorias, além de elaborar atividades de segurança e instruir os funcionários a segui-las. Esse profissional também realiza levantamentos técnicos e repassa os resultados para outros setores, como o RH da empresa. Com isso, do ponto de vista de crescer na carreira a pós-graduação é altamente necessária, pois é um nível de conhecimento e atuação acima daquele que possui um profissional com formação apenas técnica.

Como é exatamente o curso de engenharia de segurança do trabalho?

Sem dúvida, há uma parte teórica indispensável para o nivelamento e aprendizado de fatores relacionados à segurança do trabalho e acerca da legislação e administração. Porém, a pós-graduação no setor guarda bastante praticidade — há treinamentos diversos, como Primeiros Socorros e Combate a Incêndios, e aulas práticas de Ruído, Vibração e de laboratórios de Riscos Químicos, Físicos e Ambientes Confinados. Por isso, o curso prepara o profissional a ser formado para inúmeras situações adversas.

Qual a atual situação do mercado para tal profissão?

O fato de que cada vez mais empresas se atentam à necessidade de cuidar da segurança no trabalho também faz com que o mercado esteja relativamente mais aquecido do que em outras engenharias. Um engenheiro de segurança do trabalho será sempre necessário nas indústrias e empresas.

O salário também é atrativo. Segundo estimativas, boa parte dos cargos pode partir de R$ 7 mil e chegar até mesmo a R$ 25 mil, valor bastante superior à atuação em outras áreas da engenharia, inclusive porque alguns profissionais acumulam formação e atribuições como: Engenheiro de Produção e de Segurança do Trabalho ou Engenheiro Civil e de Segurança do Trabalho. Essa formação dupla também é muito atraente para empresas que necessitam de um único profissional para trabalhar em atividades complementares.

Além disso, o fato de haver uma quantidade menor de cursos e especializações voltadas para essa área faz com que os profissionais de segurança sejam mais requisitados. Assim, fazer uma pós-graduação nessa área é uma forma de criar um plano de carreira promissor.

 


John DOE

Cras sit amet nibh libero, in gravida nulla. Nulla vel metus scelerisque ante sollicitudin commodo. Cras purus odio, vestibulum in vulputate at, tempus viverra turpis. Fusce condimentum nunc ac nisi vulputate fringilla. Donec lacinia congue felis in faucibus.

Amanda FOXOE

Cras sit amet nibh libero, in gravida nulla. Nulla vel metus scelerisque ante sollicitudin commodo. Cras purus odio, vestibulum in vulputate at, tempus viverra turpis. Fusce condimentum nunc ac nisi vulputate fringilla. Donec lacinia congue felis in faucibus.

Mark BOBS

Cras sit amet nibh libero, in gravida nulla. Nulla vel metus scelerisque ante sollicitudin commodo. Cras purus odio, vestibulum in vulputate at, tempus viverra turpis. Fusce condimentum nunc ac nisi vulputate fringilla. Donec lacinia congue felis in faucibus.