Blog & News

ETP vence licitação nacional do Ministério do Meio Ambiente (MMA) e da Cooperação Alemã para o Desenvolvimento Sustentável.

MME e GIZ

ETP vence licitação nacional do Ministério do Meio Ambiente (MMA) e da Cooperação Alemã para o Desenvolvimento Sustentável, por meio da Deutsche Gesellschaft für Internationale Zusammenarbeit (GIZ) GmbH.

A Escola Técnica Profissional (ETP) foi uma das duas escolas vencedoras da licitação para realização dos novos cursos do Programa Brasileiro de Eliminação dos HCFCs (PBH), no âmbito das ações do Governo Federal, para treinamento e capacitação de mecânicos e técnicos de refrigeração para uso seguro de CO2 e HC-290, em sistemas de refrigeração comercial.

 

Avaliação técnica

 

Segundo Stefanie von Heinemann, consultora e gerente de projetos da GIZ-PROKLIMA no Brasil, responsável pela realização do processo de licitação, logo após a publicação do edital de licitação, foram recebidas 17 manifestações de interesse de escolas de todo o Brasil.  Todas essas 17 escolas receberam informações do processo seletivo e 10 delas resolveram participar e entregaram propostas técnicas e financeiras.

 

“As dez propostas recebidas passaram por um processo rigoroso de avaliação técnica até chegarmos às duas escolas parceiras selecionadas. A proposta técnica teve peso de 70% no processo de seleção e a financeira de 30%. Entre os critérios para a seleção das melhores propostas consideramos: a experiência das escolas e qualificação do corpo docente para ministrar cursos na área de refrigeração e ar condicionado; a viabilidade técnica e segurança do espaço cedido para a criação do centro de treinamento (mini supermercado); além da boa localização das escolas, para garantir a sustentabilidade do projeto”, explica Heinemann.

 

Mais de 20 anos de atuação

 

Ambas as escolas selecionadas, o Senai RJ e a ETP PR, têm mais de 20 anos de atuação na área de refrigeração e estão bem localizadas, em bairros bem servidos de meios de transporte. A ETP fica perto da região central de Curitiba (PR) e o Senai RJ fica no bairro de Benfica, próximo à Av. Brasil, o que facilitará o acesso dos profissionais que se interessarem pelos cursos.

 

 “Nossa escola tem 22 anos de atuação e é bem reconhecida na área de refrigeração, tendo boas parcerias com grandes indústrias da área e com a ABRAVA (Associação Brasileira de Refrigeração, Ar Condicionado, Ventilação e Aquecimento). Entre nossos cursos, temos atualmente quatro turmas de pós-graduação em engenharia de refrigeração e climatização, em EAD. Recentemente, ficamos ainda mais conhecidos porque fizemos parceria com a USP para realizar o projeto de viabilidade da Emenda de Kigali no Brasil”, explica Alexandre Fernandes dos Santos, diretor da ETP e mestre em Engenharia.

 

Para Santos, a parceria da ETP em um projeto com o MMA e a GIZ foi uma das melhores conquistas da escola neste ano. “Essa parceria é muito importante para nós. Estamos muito animados com esta oportunidade. Temos um ótimo espaço para o laboratório e excelentes professores e faremos o melhor para realizar esses cursos. Nosso objetivo com esse projeto é fortalecer ainda mais os cursos de refrigeração comercial na nossa escola”, afirma.

 

O resultado da licitação também foi muito bem recebido no Senai RJ. “Posso dizer que foi um dos grandes acontecimentos da Firjan no ano. Foi uma vitória alcançada”, afirma Allan Teixeira da Cruz Mendonça, Coordenador/Especialista Técnico em Automação. O Instituto de Tecnologia do Senai RJ tem uma história de mais de 80 anos e na refrigeração, mais de 20 anos. Desde 2017 já é parceiro do PBH ministrando cursos de Boas Práticas em Refrigeração Comercial e Ar Condicionado para melhor contenção do HCFC-22.

 

 “Nós já trabalhamos com o PBH e sabemos do potencial de know-how internacional disponibilizado. Portanto, ficamos muito empolgados quando surgiu a oportunidade deste curso para uso seguro de CO2 e HC-290. Nós reunimos todo o nosso time (inclusive com professores capacitados em Boas Práticas pelo PBH) para fazer uma proposta aderente, porque sabemos da importância desta parceria. Ficamos muito felizes com o resultado. Este é um projeto que a gente tem um total interesse em contribuir. Nosso laboratório de engenharia já vai começar a ser adaptado para reformas estruturais. O espaço é ótimo e as adequações serão bem realizadas pelo nosso time de manutenção. Vamos finalizar o processo das reformas no prazo ou até antes”, explica Mendonça.

 

Os contratos entre a GIZ e as escolas foram assinados neste mês de setembro. “Agora vamos dar andamento à licitação internacional para compra dos equipamentos, mas acreditamos que esse processo, apesar do período de pandemia, será bem-sucedido e até o segundo semestre de 2021 os cursos já estarão em pleno andamento”, afirma Heinemann.

 

Fonte: http://www.boaspraticasrefrigeracao.com.br/noticias_interna/130