Blog

Imagem de um homem sorindo fazendo exercicio no caderno

Refrigeração e Climatização: como se profissionalizar em 2022?

25/01/2022

Está em busca de dicas para se profissionalizar em 2022? Uma alternativa é fazer um curso no segmento de refrigeração e climatização. Aqui, indicamos o porquê! Continue a leitura e confira!

 

Por que se profissionalizar em refrigeração e climatização?

O segmento de refrigeração e climatização é um dos que apresentam boa empregabilidade, mesmo em momentos de crise. 

Isso acontece porque a profissionalização nessa área permite trabalhar em empresas de diversos ramos de atividade. Ao realizar um curso nesse segmento dá para conseguir emprego em indústrias, comércios e prestação de serviços. 

Além disso, a demanda por refrigeração e climatização tem sido relativamente alta, seja no segmento empresarial, comercial, industrial ou residencial. 

Portanto, a possibilidade de conseguir um emprego é maior ao se profissionalizar na área, principalmente quando realiza cursos de qualidade.

 

Como se profissionalizar em refrigeração e climatização?

Uma das principais formas de se profissionalizar em refrigeração e climatização é realizar um curso técnico nestes segmentos. Mas, o que é um curso técnico? 

Trata-se de uma formação entre o ensino médio e a graduação (curso universitário). O curso técnico é reconhecido e categorizado no Sistema de Ensino Brasileiro e apresenta várias vantagens em relação a cursos profissionalizantes. 

Existem três tipos de curso técnico, sendo um deles o integrado, que é quando o técnico substitui o ensino médio parcialmente. Normalmente ambos os cursos são feitos na mesma escola. 

Outro tipo é o curso técnico externo, que também é conhecido como concomitante. Neste caso, o ensino médio é separado do técnico, mas feito ao mesmo tempo e em escolas diferentes. 

Há, ainda, o curso técnico profissionalizante, também chamado de subsequente, no qual o estudante já concluiu o ensino médio e faz o técnico como uma formação profissional para inserção no mercado de trabalho.

 

Quais são as vantagens do curso técnico?

O investimento em um curso técnico compensa porque oferece vantagens especiais em curto, médio e longo prazos. A seguir, você confere o que é possível obter ao realizá-lo:

 

Rápido e fácil ingresso no curso técnico

Um dos principais diferenciais do curso técnico é que é possível ingressar nele com rapidez e facilidade, sem precisar realizar provas de vestibular ou Enem (Exame Nacional do Ensino Médio). 

Portanto, é a opção mais recomendada para quem não tem tempo para estudar para o vestibular e demais exames, mas mesmo assim quer fazer um curso de formação profissional de qualidade.

 

Economia na formação profissional

Outra grande vantagem do curso técnico é o investimento feito pelo estudante, pois costuma ser menor do que faria em um curso de graduação, por exemplo. 

Os cursos técnicos têm mensalidade menor e que não costumam pesar no orçamento. Além disso, há a possibilidade de conseguir descontos específicos, baixando ainda mais o valor pago por mês. 

Quer ter uma profissão sem precisar se endividar para isso? Então, considere fazer o curso técnico e tenha uma formação profissional pagando menos que uma graduação!

 

Menor duração do curso

O curso técnico também se diferencia de outros de formação profissional por ter duração reduzida. De maneira geral, os cursos técnicos possuem de 18 a 24 meses, dependendo da ementa. 

Mas, é importante esclarecer que uma duração menor não significa um prejuízo na qualidade. Há outros fatores que indicam se o curso é bom ou não, como ter reconhecimento pelo MEC (Ministério da Educação) ou Secretaria de Educação do seu Estado, ementa completa e corpo docente especializado. 

Como o curso técnico possui duração menor, ele é ideal para quem busca ter uma profissão num prazo mais reduzido que o da graduação, podendo se inserir no mercado de trabalho o quanto antes.

 

Maior empregabilidade

Cursos técnicos costumam ter maior empregabilidade porque o mercado tem uma boa demanda por profissionais com conhecimento prático aprofundado. Logo, ao realizar um curso técnico há uma maior chance de conseguir emprego num prazo menor.

 

Retorno financeiro em curto prazo

Como o curso técnico tem duração menor, custa menos que uma graduação e têm boa empregabilidade, é possível ter retorno financeiro em curto prazo do investimento feito.

 

- Leia também:
>>> Técnico em refrigeração e climatização: o que faz, salário e tudo sobre a carreira

 

Não há necessidade de realizar estágios

Uma das principais características de cursos técnicos é que neles a realização do estágio não é obrigatória. O estudante já sai da formação de um profissional completo, por isso não precisa do estágio. 

Esse é um detalhe importante porque possibilita a entrada no mercado de trabalho com um salário maior do que teria se fosse estagiário, conseguindo ganhos mais interessantes logo no início da carreira.

 

Curso Técnico de Refrigeração e Climatização - EAD: o que você aprende?

Agora que você já sabe tudo sobre o curso técnico, é importante conhecer o que você aprende em um de refrigeração e climatização. 

Na realidade, o conteúdo depende muito da escola que realiza o curso. Se optar por realizar o seu com a ETP, que tem sólida experiência na formação de profissionais, você passará por uma ementa com temas como: 

  • Mecânica da refrigeração;
  • Sistemas de climatização, refrigeração comercial e industrial, termo hidráulico e dutos práticos;
  • Eletricidade básica;
  • Cálculo e geometria aplicada;
  • Transmissão de calor e tratamento do ar;
  • Termodinâmica;
  • Acionamentos de motores e especiais;
  • Câmaras frigoríficas;
  • Refrigeração avançada e Plano de Manutenção, Operação e Controle (PMOC).

 

O curso técnico em refrigeração e climatização, da ETP, tem como foco habilitar profissionais ao planejamento e execução de instalação e manutenção de máquinas e equipamentos de refrigeração residencial, comercial e industrial. 

Além disso, também visa garantir que profissionais consigam avaliar e dimensionar locais de instalação de equipamentos, bem como elaborar projetos para instalação de refrigeração e climatização. 

Depois de realizar o curso de técnico de refrigeração, você pode fazer outros complementares, seja para se especializar em um determinado segmento ou se atualizar profissionalmente. 

Entre eles, destaque para o curso mecânico de refrigeração, que viabiliza que o aluno conheça, instale e faça a manutenção de equipamentos e sistemas de refrigeração e ar condicionado. 

A ementa do curso é mais enxuta, mas aborda temas essenciais que todo profissional deve saber, dando-lhe conhecimento para realizar atividades da área. 

Contate a ETP para saber detalhes sobre os cursos, inclusive para esclarecer suas dúvidas e garantir sua vaga em uma das formações da escola!

Lembrando ainda que os cursos são EAD o que apresenta uma série de vantagens. Podem conferir.

 

- Leia também:
>>> 5 razões para você se tornar um Técnico em Refrigeração e Climatização

>>> Por que fazer um curso de Refrigeração Comercial EAD?